POLO DE TAPEJARA

UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL

27 de nov de 2009

AS ÚLTIMAS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Discriminação contra cidadãos com formação no ensino a distância será punida!

Foi aprovado ontem o Projeto de Lei nº 122/09, do deputado Professor Sérgio Grando (PPS), que tem como propósito punir qualquer empresa, órgão ou entidade que discrimine cidadãos que disponham de formação superior ou vida acadêmica nas modalidades de Ensino a Distância. Mais de 20 mil cidadãos residentes no Estado estudam atualmente nestas modalidades de ensino superior.
Juntamente com a matéria, os parlamentares aprovaram duas emendas modificativas de autoria do deputado Pedro Uczai (PT). Elas estabelecem que compete ao poder público estadual o recebimento e análise das reclamações quanto à discriminação de pessoas com formação superior ou vida acadêmica nas modalidades de ensino a distância, que deverão ser encaminhadas aos órgãos competentes para que tomem as medidas cabíveis. (Rubens Vargas/Divulgação Alesc)

Fonte: http://www.alesc.sc.gov.br/portal/imprensa/leitor_noticia.php?codigo=22595

Para ler o Projeto de lei na íntegra, veja o link: http://www.alesc.sc.gov.br/expediente/2009/PL__0122_0_2009_Original.rtf



E quanto aos gestores públicos vejam a notícia abaixo...

Tecnólogos já podem obter seu registro profissional *


O Conselho Federal de Administração (CFA) publicou no Diário Oficial
da União desta sexta-feira, dia 13 de novembro, a Resolução Normativa que
aprova o registro profissional nos Conselhos Regionais de Administração
(CRAs) dos diplomados em cursos superiores de tecnologia.

Os profissionais já podem entrar em contato com os Conselhos Regionais de
Administração de sua região para obter mais informações sobre o registro
profissional. A autarquia debate agora os mecanismos de operacionalização
deste processo.

Para regulamentar sua atuação, o profissional deve ter formação em um dos
cursos de Graduação em Tecnologia relacionados à área da Administração
descritos Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia (
http://catalogo.mec.gov.br) e estar atuando nos campos profissionais
relacionados à área.

Nos últimos anos, cresceu significativamente a procura pelos cursos
Graduação em Tecnologia. O perfil dos alunos mudou e, com isso, surgiram
outros nichos e áreas onde estes profissionais podem atuar no mercado de
trabalho.

Com a finalidade de orientar e disciplinar o exercício da profissão de
Administrador, conforme descrito na Lei nº 4.769/65, o CFA tem a
responsabilidade de regulamentar e fiscalizar a atuação profissional nos
campos da Administração. Neste sentido, a regulamentação dos diplomados em
cursos superiores de tecnologia faz parte da preocupação da autarquia, por
se tratarem de profissionais atuantes na área. Da mesma forma, o registro
profissional de tecnólogos demonstra o apoio do CFA a uma demanda do
Ministério da Educação ao que se refere à implementação da política da
educação profissional e tecnológica no país.

Acesse a *Resolução Normativa nº
373*,
de 12/11/09, e a *Resolução Normativa nº 374*, de 12/11/09, e entenda melhor
o processo de regulamentação dos diplomados em cursos superiores de
tecnologia.

Lilian Saldanha
Jornalista

Nenhum comentário:

Postar um comentário